Banco Mundial interessado no financiamento de projeto milionário de mobilidade na região da Amfri

Facebook
Twitter
Pinterest

Encerrando missão de estudos e intercâmbio neste final de semana em Washington D.C, capital dos Estados Unidos, com uma delegação da União Interamericana de Parlamentares (Unipa), entidade a  qual preside, o deputado Ivan Naatz (PL) teve encontro com o diretor do Brasil no Banco Mundial (Bird), Erivaldo Alfredo Gomes. Ele  confirmou o interesse da instituição no financiamento do  Projeto de Mobilidade Integrada e Sustentável (Promobis), que inclui a  implantação de um Túnel Imerso entre Itajaí e Navegantes; além de um Sistema de Transporte Coletivo Regional – que vai integrar e interligar os 11 municípios da região da Foz do Rio Itajai (Amfri), com veículos elétricos.

Ao todo, a expectativa  é de investimentos de 120 milhões de dólares com recursos públicos, sendo 90 milhões de dólares provenientes do Banco Mundial e 30 milhões de dólares da contrapartida do financiamento, com pagamentos ao longo de 25 anos, sendo cinco anos de carência. Os estudos técnicos do Promobis já foram aprovados pela diretoria do Banco Mundial em fevereiro último. A fase agora é de aprovação das leis autorizativas deste projeto inédito de financiamento e gestão consorciada por parte das Câmaras Municipais da região. Na sequência,  terá que passar também pela aprovação do Tesouro Nacional e do Senado Federal, em Brasília, por se tratar de um  financiamento internacional.

Gostaria de Receber conteúdos exclusivOs?

*Sempre que sair conteúdo novo, será notificado