Naatz cobra estrutura do governo para enfrentar a crise da pandemia

Facebook
Twitter
Pinterest

Ao lamentar que Santa Catarina , “um estado rico e produtivo”, passa por um período  triste de sua gestão pública ao ter que enviar pacientes para tratamento do Covid-19 no estado do Espírito Santo pela falta de vagas no sistema de saúde catarinense, o deputado Ivan Naatz (PL) cobrou em plenário, nesta terça-feira (02), a falta de um plano de ação estratégico antecipado do governo estadual para conter o colapso hospitalar provocado pela pandemia.

“Onde estão os mais de mil leitos de UTI prometidos desde o ano passado, os hospitais de campanha e o reforço geral de estrutura e o treinamento de capacitação de profissionais?”, questionou o parlamentar, acrescentando que recursos não faltaram e não faltam, já que segundo ele, só o governo federal enviou mais de R$ 2 bilhões para o enfrentamento da crise .

Naatz também criticou as viagens regionais anunciadas pelo secretário de Estado da Saúde, Andre Motta Ribeiro, para conversar com prefeitos e analisar a situação, uma vez que, segundo afirma, as necessidades já são conhecidas de todos, até porque a Secretaria de Saúde do Estado emite relatórios diários sobre a situação.

“Infelizmente, falta agilidade nas ações públicas de saúde. Do ano passado para cá, quando a situação de pandemia já era crítica, não se concretizou nenhuma ação emergencial para ativação de novos leitos de UTI suficientes para atender a demanda, muito menos treinamento de profissionais . Ao contrário, foram desativados leitos já existentes e atualmente a fila de espera é de mais de 200 pessoas com risco de morte”, lamentou o deputado .

Gostaria de Receber conteúdos exclusivOs?

*Sempre que sair conteúdo novo, será notificado