Comissão Mista da Casan entra na fase final de depoimentos na Alesc

Facebook
Twitter
Pinterest

A Comissão Parlamentar Mista da Casan, criada na Alesc para acompanhar e contribuir com as investigações oficiais da segurança pública em torno do rompimento do reservatório de água da estatal em setembro, na periferia de Florianópolis, avança para a sua fase final de depoimentos nesta semana. Nesta terça-feira (28) será ouvido novamente o diretor-presidente da Casan, Edson Moritz Martins da Silva, para prestar os últimos esclarecimentos. Também serão chamados representantes da comunidade do Monte Cristo e do Movimento de Atingidos por Barragens (MAB).

Para 5 de dezembro, está prevista a presença do engenheiro projetista da Casan, Hugo Rohden. Nesta mesma semana, devem ser convidados também os profissionais da construtora responsável pelo reservatório, a  Gomes & Gomes Ltda. A última reunião para apreciação e votação do relatório final dos trabalhos da Comissão Mista está previsto para o dia 12 de dezembro, e sendo  aprovado deverá ser encaminhado ao Ministério  Público para contribuir com as investigações oficiais do caso, que vem sendo feitas também pela Polícia Civil e Polícia Científica do Estado.

O presidente da Comissão, deputado Ivan Naatz (PL), disse que na reunião desta terça-feira  também deverá ser discutida a eventual necessidade de ajustes no prazo final dos trabalhos do colegiado. Oficialmente, o prazo de funcionamento é de 60 dias, renováveis por mais 60, se for necessário. Desde o início dos depoimentos, Naatz tem reiterado que o objetivo é contribuir com os trabalhos de investigação, inclusive no que tange ao ressarcimento, não só dos estragos materiais causados, mas também do prejuízo à imagem da Casan como empresa pública por parte dos responsáveis que forem apontados como causadores do acidente.

Na última reunião da Comissão, na semana passada, chamou a atenção o depoimento do superintendente regional da Polícia Científica em Florianópolis, perito Cassiano Fachinello Bremm, o qual informou que houve erros durante a construção da estrutura e na fiscalização do reservatório da Casan que funcionava há dois anos, atendendo 80 mil pessoas. Criada no dia 11 de outubro, a Comissão Mista é composta pelos deputados Ivan Naatz (PL), presidente; Marquito (Psol), vice-presidente; Mário Motta (PSD), relator; e pelos deputados Maurício Peixer (PL) e Lunelli (MDB) como membros.

 

Comunicação Gabinete com Agência Alesc

Gostaria de Receber conteúdos exclusivOs?

*Sempre que sair conteúdo novo, será notificado