Naatz discute projeto para recuperação do Complexo Lagunar de Sombrio

Facebook
Twitter
Pinterest

Em roteiro pela região Sul, o presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, deputado Ivan Naatz ( PL), esteve reunido nesta quinta-feira (17) na prefeitura de Sombrio com prefeitos e representantes dos municípios que integram o complexo das lagoas de Sombrio e do Caverá, e que estende por sete municípios do extremo sul de Santa Catarina.

O objetivo foi debater ações para a retomada de um projeto de recuperação do processo de degradação ambiental da área, o que já acontece há algumas décadas, principalmente no caso da Lagoa de Sombrio, que já foi considerada a maior reserva de água doce do território catarinense.

“Desde quando cheguei na Alesc venho trabalhando duas pautas importantes em questões ambientais do estado. A primeira é a descontaminação das bacias dos rios Tubarão e Araranguá, degradados pela exploração do carvão mineral. A segunda é o desassoreamento do complexo lagunar de Sombrio, a região do Caverá. Ficou decidido com os prefeitos dos municípios que margeiam o complexo lagunar a formação de um novo consórcio municipal regional para apresentação de um projeto de recuperação ambiental da lagoa, hoje deteriorada em seu bioma pela reprodução indiscriminada de vegetações como água-pés e braquiárias, além da expansão da atividade agrícola nas proximidades.

“Após aprovação do projeto vamos, juntos, captar recursos para execução da obra” , explicou o deputado Ivan Naatz.

Participaram da reunião o presidente da Assosciação dos Municipios do Extremo Sul Catarinense  (Amesc), prefeito de São João do Sul, Moacir Francisco Teixeira; a prefeita de Sombrio, Gislaine Dias da Cunha; de Santa Rosa do Sul, Almides Silvada Rosa, e o prefeito de de Balneário Gaivota , Everaldo dos Santos (Kekinha), além de representantes da Associação Ambiental – ONG Aguapé.

Gostaria de Receber conteúdos exclusivOs?

*Sempre que sair conteúdo novo, será notificado